Atlético e Coritiba desafiam poderio da Globo no futebol

Federação paranaense vai contra interesse dos clubes e torcedores, por causa de transmissão de partida pelo Youtube. Times mantêm posição e se recusam a jogar

Por Redação, com RBA – de São Paulo:

Em uma decisão histórica e sem precedentes na história do futebl brasileiro, Atlético-PR e Coritiba desafiaram a Federação Paranaense e recusaram-se a jogar o maior clássico daquele Estado, no domingo, depois de terem sido notificados de que não poderiam transmitir a partida por seus canais nas redes sociais Youtube e Facebook. Os dois clubes haviam anunciado a decisão de não aceitar a cota de TV imposta pela Rede Globo para a transmissão do jogo, válido pelo campeonato estadual, e que fariam a transmissão de forma independente, pela internet.

Em decisão histórica, clássico Atletiba é cancelado para dizer 'não' à Globo
Em decisão histórica, clássico Atletiba é cancelado para dizer ‘não’ à Globo

Segundo o portal Uol, Atlético e Coritiba não aceitaram a proposta da TV Globo/RPCTV para a cessão dos direitos de imagem para o Campeonato Paranaense 2017. O valor oferecido a ambos seria de R$ 1,5 milhão. Menor que o de 2016 e considerado pelas diretorias muito abaixo do que recebem os grandes de São Paulo, Rio, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

A dupla queria R$ 6 milhões, três para cada clube. Quem negociava pelos clubes era o presidente da FPF, Hélio Cury.

O confronto, marcado para as 17h (de Brasília) não aconteceu. A federação alegou que os profissionais que fariam a cobertura pela Internet. Ao todo 12 pessoas, não haviam sido credenciadas dentro do prazo de 48 horas antes do início da partida. Como exige a entidade, que ordenou à equipe de arbitragem não dar o pontapé inicial. Enquanto as câmeras estivessem em campo.

As direções de Coritiba e Atlético Paranaense decidiram manter suas posições e desistiram de jogar. Por considerar que a federação estava defendendo os interesses da Rede Globo. Em vez de se posicionar favoravelmente aos clubes e à torcida. Cerca de 25 mil pessoas foram à Arena da Baixada.

– Queria explicar para as duas torcidas: Atlético-PR e Coritiba não venderam seu direitos de transmissão por essa esmola que a Globo quis pagar e hoje estamos fazendo transmissão gratuita pelo Facebook e Youtube. A FPF de forma absurda não quer que o jogo comece se não pararmos a transmissão. Os dois clubes não venderam direitos. Resolvemos fazer transmissão independente e gratuita. Nossa produtora não é ligada a nenhuma TV. Então, não vai ter jogo. Os técnicos estão de acordo – afirmou o diretor de marketing do Atlético-PR, Mauro Holzzman. Pela lei brasileira, o direito de imagem da partida pertence aos clubes. Nenhum regulamento de federação pode se sobrepor a ele.

Jogadores de ambos os times entraram em campo juntos e, de mãos dadas, posicionaram-se no meio do campo, e deixaram o gramado em seguida, sem tocar na bola. A torcida aplaudiu a decisão e vaiou a Globo. O jogo foi cancelado após 45 minutos do horário determinado para o início.

O vice-presidente do Coritiba, José Fernando Macedo, deu mais detalhes.

Federação

– A federação mandou uma ordem para a equipe de arbitragem de que não pode ser feita a transmissão porque existe um contrato com a Globo. O Coritiba e o Atlético-PR se sentem no direito de fazer a transmissão pelo Youtube – disse. 

O episódio espalhou-se rapidamente pelas redes sociais. A hashtag #atletiba chegou aos TT do Twitter, onde permaneceu até o fim da noite, tendo esmagadora maioria de expressões de apoio aos clubes e votos de que outros times, de outros estados, imponham-se aos interesses da emissora que domina as transmissões do futebol pela TV. “No Brasil nem a bola pode rolar se a Globo não deixar”, tuitou um internauta. O papel das federações estaduais de futebol também foi alvo de grande parte das críticas.

– Tá no momento de a gente mudar, enfrentar, exercer nosso direito de resposta. Essa iniciativa, pioneira, vai ser marcar o início de um processo em que, Atlético e Coritiba, juntos, disseram ‘não, não é por aí’. E fica um alerta para os demais clubes do futebol brasileiro: vamos dizer não. É isso que a gente tem que fazer – finalizou Luiz Emed, presidente do Clube Atlético Paranaense.

Nesta Carter apela contra retirada de medalha por doping

Carter fez o apelo ao CAS buscando alterar a decisão de 25 de janeiro do Comitê Olímpico Internacional, na qual ele foi acusado de ter quebrado regras

Por Redação, com Reuters – de Zurique:

O velocista jamaicano Nesta Carter, cujo teste positivo para doping custou a medalha de Usain Bolt na prova de revezamento 4x100m dos Jogos de Pequim, em 2008, apelou à Corte Arbitral do Esporte (CAS), pedindo que a equipe jamaicana seja reinstalada como vencedora de prova.

Velocista Nesta Carter durante treino na Jamaica
Velocista Nesta Carter durante treino na Jamaica

Carter fez o apelo ao CAS buscando alterar a decisão de 25 de janeiro do Comitê Olímpico Internacional. Na qual ele foi acusado de ter quebrado regras antidoping durante os Jogos de Pequim. Segundo comunicado do CAS desta sexta-feira.

Trinidad e Tobago seria promovida ao ouro no revezamento 4x100m em Pequim. Prova na qual a Jamaica quebrou o então recorde mundial. O Japão subiria para a prata e o Brasil ficaria com o bronze.

Bolt

O velocista Usain Bolt não está se deixando abater pela decepção de perder a medalha de ouro conquistada no revezamento 4×100 metros na Olimpíada de Pequim devido ao doping de seu colega jamaicano de equipe Nesta Carter, mas reconheceu a frustração.

Bolt, que conquistou nas pistas um inédito “triplo triplo” de títulos olímpicos. Nos 100m, 200m e 4x100m nos Jogos Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016. Ele foi privado de seu ouro no revezamento dos 4x100m da China no mês passado. Quando um novo exame com uma amostra de Carter indicou que ele havia usado a substância proibida dimetilamilamina.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) ordenou que Carter, que já disse que irá recorrer da decisão à Corte Arbitral do Esporte (CAS), e os colegas Bolt, Asafa Powell e Michael Frater devolvam as medalhas.

– Inicialmente fiquei decepcionado, claro – disse Bolt a repórteres ao chegar ao aeroporto de Melbourne antes da competição Nitro Athletics. “Mas na vida coisas acontecem. Não estou triste… só estou esperando para ver o que vai acontecer”.

– Mas entreguei minha medalha.

Powell, que já foi afastado por seis meses devido a um teste de doping positivo em 2013, repetiu a opinião de seu compatriota.

– É uma pena, e temos que olhar para o futuro – disse. “Conquistamos muita coisa e só precisamos ser positivos a respeito disso agora. Não estou em condição de dizer o que deveria e não deveria (ser proibido). É o que é. Algumas coisas não são justas”.

Bolt irá liderar uma equipe internacional de astros do atletismo na Nitro Athletics em Melbourne contra times representando Inglaterra, China, Nova Zelândia e Japão.

O primeiro meeting irá acontecer em 4 de fevereiro, e os outros dois nos dias 9 e 11 do mesmo mês.

Petição desafia candidatura de Budapeste para Olimpíada de 2024

O movimento político húngaro Momentum coletou mais de 200 mil assinaturas em petição contra a candidatura, levantando a possibilidade de um referendo

Por Redação, com Reuters – de Budapeste:

Budapeste se aproximou nesta sexta-feira de uma possível retirada de sua candidatura para sediar os Jogos Olímpicos de 2024, podendo afetar ainda as tentativas dos organizadores de encontrarem uma cidade para realizar o evento, após diversos cancelamentos de candidaturas.

Ativistas coletam assinaturas em petição contra candidatura de Budapeste para os Jogos Olímpicos de 2024
Ativistas coletam assinaturas em petição contra candidatura de Budapeste para os Jogos Olímpicos de 2024

O movimento político húngaro Momentum coletou mais de 200 mil assinaturas em petição contra a candidatura. Levantando a possibilidade de um referendo, relatou o jornal Magyar Nemzet nesta sexta-feira.

O prefeito de Budapeste, Istvan Tarlos, disse durante entrevista coletiva que, caso um referendo contra a candidatura seja acionado. Ele irá “considerar seriamente” uma proposta de retirada.

Budapeste compete contra Paris e Los Angeles pelo direito de realizar os Jogos, um evento cujos preços cresceram bruscamente nos últimos 20 anos.

Caso a cidade retire a candidatura, ela se junta a Hamburgo, Roma e Boston entre as cidades que abandonaram a tentativa.

Um porta-voz do Momentum se negou a comentar sobre a reportagem do jornal antes de entrevista coletiva planejada para esta sexta-feira. Funcionários do governo e organizadores da candidatura também se negaram a comentar.

Grupo de estudantes

O Momentum, criado por um grupo de estudantes nascidos por volta de 1989. Quando o regime comunista do país caiu. Irá terminar de coletar assinaturas ao final de uma campanha de um mês e enviá-las ao escritório eleitoral de Budapeste.

A autoridade então irá decidir se há número suficiente de assinaturas válidas coletadas para pedir um referendo.

Concacaf irá discutir sobre candidatura conjunta para Copa de 2026

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse anteriormente na quinta-feira que a organização irá encorajar candidaturas para sedes multinacionais

Por Redação, com Reuters – de Miami:

A Concacaf irá discutir uma possível candidatura conjunta para a Copa do Mundo de 2026 e o presidente do órgão disse na quinta-feira que um muro planejado na fronteira entre México e Estados Unidos não será um obstáculo para uma sede em conjunto do evento.

Presidente da Concacaf, Victor Montagliani, durante evento na Cidade do México
Presidente da Concacaf, Victor Montagliani, durante evento na Cidade do México

Victor Montagliani, falando à agência inglesa de notícias Reuters por telefone horas. Após a Fifa dizer que irá apoiar uma sede conjunta para a Copa do Mundo de 2026. Disse que uma candidatura entre Estados Unidos, México e Canadá é uma opção, mas não descartou sediar os jogos na América Central ou no Caribe.

Para Montagliani, chefe do órgão que comanda o futebol na América Central, do Norte e Caribe. A recepção da Fifa sobre candidaturas em conjunto e a expansão do torneio de 32 para 48 seleções em 2016. Significa que uma candidatura multinacional faz sentido.

– Especialmente com 48 seleções e a infraestrutura aumentada que isto necessita, não só de um ponto de vista de estádios. Mas centros de treinamentos, hoteis e todas as outras coisas, ter a oportunidade com três ou mais países que são geograficamente próximos, seria sensato – disse.

– Provavelmente em curto prazo, aqui na Concacaf, iremos sentar em uma mesa e ver como iremos seguir em frente.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse anteriormente na quinta-feira que a organização irá encorajar candidaturas para sedes multinacionais. E que o evento pode ser dividido entre até quatro países.

Jogos

Montagliani, quando perguntado se um torneio expandido, com 80 jogos. Significa que há uma possibilidade para que alguns jogos da fase de grupos sejam realizados na América Central ou Caribe, disse que tudo é possível.

– Você precisa olhar para a economia também, pesar o custo-benefício. Mas acho que as possibilidades são infinitas, para ser honesto com você, quando você tem tantos jogos – disse Montagliani. “Você não pode fechar a porta em nenhuma oportunidade.”

A Copa do Mundo de 2018 será realizada na Rússia, enquanto o Catar recebe a competição em 2022.

A região da Concacaf é amplamente vista como favorita para receber o torneio de 2026, à medida que regras da Fifa restringem Europa e Ásia de receberem a competição tão cedo.

Futuro de Wenger no Arsenal será decidido no final da temporada

Wenger termina seu contrato no final da temporada e ainda não aceitou uma nova oferta de contrato. A decisão de seu futuro é esperada para ser tomada entre o técnico e o clube

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O futuro de Arsene Wenger como técnico do Arsenal será decidido no final da temporada, relatou a BBC nesta quinta-feira, sem citar fontes.

Técnico do Arsenal, Arsene Wenger, durante entrevista coletiva
Técnico do Arsenal, Arsene Wenger, durante entrevista coletiva

Atualmente não há perspectiva de saída de Wenger antes do verão (no hemisfério Norte). Segundo a reportagem, horas após o Arsenal perder por 5 a 1 fora de casa para o Bayern de Munique na Liga dos Campeões.

Wenger termina seu contrato no final da temporada e ainda não aceitou uma nova oferta de contrato. A decisão de seu futuro é esperada para ser tomada entre o técnico e o clube, segundo a BBC.

Real Madrid

Um golaço de Casemiro coroou uma ótima exibição do Real Madrid, que venceu o Napoli de virada por 3 a 1 no estádio Santiago Bernabéu. Na primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na quarta-feira.

O meio-campista brasileiro acertou um chute de primeira, sem deixar a bola cair, de fora da área. No início do segundo tempo para completar o placar. Após gols de Karim Benzema e Toni Kroos, um em cada tempo.

O Napoli fez o primeiro gol do jogo quando Lorenzo Insigne viu o goleiro do Real Keylor Navas fora de posição para chutar de longa distância.

Atual campeão europeu, o Real, que busca seu 12º título europeu, viajará para Nápoles para a partida de volta em 7 de março.

Bayern de Munique

O Bayern de Munique arrasou o Arsenal por 5 a 1 no jogo de ida das oitavas da final da Liga dos Campeões na quarta-feira. Marcando três gols num período de 10 minutos no segundo tempo. Para aumentar o seu recorde para 16 vitórias consecutivas em casa na competição.

Thiago Alcântara marcou duas vezes e Robert Lewandowski, Arjen Robben e Thomas Mueller também anotaram para o Bayern. Que impôs a primeira derrota do Arsenal na atual edição do torneio de clubes da Europa.

Alexis Sánchez chegou a empatar o jogo para os visitantes, marcando em rebote. Após Manuel Neuer ter defendido a sua cobrança de pênalti, aos 30 minutos.

Os times disputarão a partida de volta em Londres no dia 7 de março.

Infantino diz que irá incentivar escolha de mais de uma sede para Copa de 2026

Infantino também disse que não está “nem um pouco preocupado”. Com a violência das torcidas na Copa de 2018 na Rússia

Por Redação, com Reuters e Sputnik – de Zurique/Moscou:

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse nesta quinta-feira que pretende incentivar a escolha de mais de uma sede para a Copa do Mundo de 2026, envolvendo três ou quatro países com quatro ou cinco estádios cada.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino
O presidente da Fifa, Gianni Infantino

Falando durante uma visita ao Catar, que irá sediar o Mundial de 2022. Infantino também disse que não está “nem um pouco preocupado”. Com a violência das torcidas na Copa de 2018 na Rússia.

– Iremos incentivar sedes compartilhadas para a Copa do Mundo porque precisamos que a Fifa mostre que somos sensatos. Temos que pensar na sustentabilidade de longo prazo – disse o líder da entidade mundial de futebol.

– Está perfeitamente alinhado com nossa (política de) sustentabilidade. E legado unir talvez dois, três, quatro países que juntos podem apresentar um projeto com três, quatro, cinco estádios cada. Certamente o incentivaremos. Idealmente os países serão próximos uns dos outros para facilitar as viagens”, acrescentou Infantino.

Torcedores russos

O jornal britânico The Guardian informou que o ex-líder dos torcedores do time russo Spartak, Vasya Killer, é um dos torcedores que teria ameaçado cometer vandalismo na Copa do Mundo 2018 na Rússia.

Vasya Killer, cujo nome real é Vasily Stepanov, deu comentários à edição Life a respeito do artigo do The Guardian intitulado Torcedores russos avisam torcedores ingleses sobre o ‘festival de violência’ na Copa do Mundo 2018.

A publicação do The Guardian refere-se a ele como um dos torcedores que preparará desordens durante o evento. Bem como o acusa de ter organizado confrontos em Marselha, na França. Durante o campeonato UEFA EURO 2016. Porém, Vasya Killer afirma que estava em casa naquele tempo.

Segundo Stepanov, que em entrevista ao canal BBC2 citada pelo The Guardian. Ele contou sobre o curso dos preparativos do campeonato nacional. Prometendo hospitalidade por parte dos torcedores russos. Ao contrário das informações no jornal britânico.

Ao comentar o incidente em Marselha. Vasya Killer destacou que os britânicos “se comportavam como porcos. Ofendendo os russos, essa foi apenas a resposta exagerada que tomou proporções horríveis e histeria”.

Na opinião do ex-líder dos torcedores do Spartak, “os jornalistas do The Guardian escreveram mentiras retiradas do contexto da frase da entrevista”.

– Pelo visto, é uma campanha em curso da mídia ocidental contra o nosso país – opina Vasya Killer.

Ao mesmo tempo, Stepanov acrescentou que, segundo lhe disse o jornalista da BBC2, a mídia poderia publicar algumas matérias com objetivo de deturpar a postura dele.

Ainda de acordo com The Guardian, o filme do BBC2 mostrará um grupo de jovens envolvidos na preparação de desordens e confrontos na Copa do Mundo 2018. Vasya Killer é o primeiro da lista. Declarações fragmentadas, tais como sua participação no movimento de torcedores deu-lhe “princípios e coragem” e sua sensação de “estar no cume do monte Everest e poder tudo” foram expostas no artigo da edição.

Fifa pede banimento vitalício de ex-dirigentes por corrupção

Eduardo Li, ex-presidente da Associação de Futebol da Costa Rica, e Brayan Jimenez, ex-presidente da Associação de Futebol da Guatemala, são acusados de violarem regras da Fifa

Por Redação, com Reuters – de Zurique/Berlim:

O Comitê de Ética da Fifa informou nesta quarta-feira ter iniciado procedimentos formais contra dois ex-dirigentes da América Central, após um investigador da organização recomendar que os dois sejam banidos do futebol por toda a vida por suposta corrupção.

O Comitê de Ética da Fifa informou nesta quarta-feira ter iniciado procedimentos formais contra dois ex-dirigentes da América Central
O Comitê de Ética da Fifa informou nesta quarta-feira ter iniciado procedimentos formais contra dois ex-dirigentes da América Central

Eduardo Li, ex-presidente da Associação de Futebol da Costa Rica, e Brayan Jimenez, ex-presidente da Associação de Futebol da Guatemala, são acusados de violarem regras da Fifa, incluindo as que proíbem recebimento de propinas.

No ano passado, Li e Jimenez se declararam culpados em tribunal nos EUA por acusações incluindo fraude fiscal e extorsão.

Futebol da Alemanha

A Associação Alemã de Futebol (DFB) pediu nesta sexta-feira o banimento por um jogo de torcedores do Borussia Dortmund na arquibancada sul do estádio da equipe e uma multa de 100 mil euros, após problemas com torcedores em diversas partidas, incluindo na vitória da semana passada sobre o RB Leipzig.

O comitê de controle da DFB informou que propôs o fechamento da arquibancada. A multa dado que o Dortmund é reincidente e recebeu uma sentença de suspensão em julho por problemas similares.

Na semana passada, torcedores levaram cartazes atacando o Leipzig, time que pertence à fabricante de energéticos Red Bull. Assim como o diretor esportivo do time rival, Ralf Rangnick, e o dono da empresa, Dieter Mateschitz.

– Matem os touros – dizia um cartaz. Outro cartaz tinha escrito “Cerveja em vez de refrigerantes”, em referência ao dono do Leipzig.

Fora do estádio de capacidade de 80 mil pessoas, alguns torcedores atacaram torcedores do Leipzig que chegavam para a partida. Eles também causaram tumultos em três outras partidas nesta temporada, disse a DFB.

Dortmund ganhou o jogo contra o Leipzig. Mas os chefes do clube repetidamente pediram desculpas ao Leipzig pelo comportamento dos seus fãs.

A arquibancada sul do estádio, conhecida como “parede amarela”, é a maior da Europa, com capacidade para 25 mil pessoas.

O Dortmund tem até segunda-feira para aceitar a proposta, ou rejeitar, levando o caso para tribunal esportivo.

Uefa limita mandato de presidente 

Futuros presidentes da Uefa terão um limite de no máximo três mandatos e um total de 12 anos no cargo, informou o órgão responsável pelo futebol europeu nesta quinta-feira, após o comitê-executivo da entidade aprovar uma série de reformas.

Presidentes anteriores da organização não tinham tais restrições, à exemplo de Lennart Johansson, que comandou a Uefa por 17 anos.

O atual presidente, Aleksander Ceferin, que substituiu Michel Platini em setembro, prometeu reformar a organização.

A Uefa informou que as reformas aprovadas pelo comitê- executivo são a “introdução de limites de mandados para presidente da Uefa e membros do Comitê Executivo da Uefa, com a possibilidade de servir por um máximo de três mandatos de quatro anos”.

Outras mudanças incluem a garantia de duas posições do comitê para representantes da Asssociação de Clubes Europeus (ECA).

As reformas ainda precisam ser ratificadas em um congresso da Uefa na Finlândia em 5 de abril.

Nadador australiano é preso após sofrer colapso na casa dos pais

O pai do atormentado medalhista olímpico contou ao jornal local, Gold Coast Bulletin, que chamou a polícia para que o ex-atleta de 36 anos recebesse ajuda

Por Redação, com Reuters – de Melbourne/Rio de Janeiro:

O famoso nadador australiano de longa distância Grant Hackett foi preso e detido pela polícia na Costa Dourada nesta quarta-feira depois de sofrer um “colapso” na casa de seus pais, noticiou a mídia local.

Nadador australiano de longa distância Grant Hackett com medalha de prata nos Jogos de Pequim, em 2008
Nadador australiano de longa distância Grant Hackett com medalha de prata nos Jogos de Pequim, em 2008

O pai do atormentado medalhista olímpico contou ao jornal local, Gold Coast Bulletin, que chamou a polícia para que o ex-atleta de 36 anos recebesse ajuda.

– Grant tem um problema médico que se manifestou aqui nesta manhã… ele estava delirando um pouco – disse Neville Hackett à publicação.

– Ele está sendo tratado por um médico. Ele é grande e forte quando não está feliz. Decidimos que ele precisa de algum tratamento. Mas ele não iria sair para se tratar nesta quarta de jeito nenhum, então chamamos a polícia.”

– A única maneira de a polícia poder fazer alguma coisa de acordo com a lei do país é prendê-lo por violência doméstica – disse.

Neville Hackett disse que o nadador não fez nenhuma ameaça. Mas que não é “o que você chamaria de uma pessoa normal”.

A rede local Channel Seven publicou imagens em vídeo de Hackett sendo levado a uma delegacia algemado.

Prisão

O porta-voz da polícia de Queensland disse que um homem foi preso “após um distúrbio em uma residência de Surfer’s Avenue, em Mermaid Waters, perto do meio dia”.

O agente de Grant Hackett não estava disponível para comentar.

Hackett conquistou o ouro nos 1.500 metros na Olimpíada de Sydney de 2000 e nos Jogos de Atenas de 2004. Ele se aposentou depois da Olimpíada de Pequim de 2008. Na qual ficou com a prata na mesma competição.

Rio 2016

Arenas que custaram centenas de milhões de reais e uma área de lazer prometida à população de uma região pobre estão fechadas ao público desde o fim dos Jogos Rio 2016 devido a problemas financeiros, falta de interesse da iniciativa privada e atraso no planejamento, o que reforça as críticas e dúvidas sobre o prometido legado da primeira Olimpíada na América do Sul.

Ginásios que foram projetados para serem transformados em escolas após os Jogos ainda estão em desmontagem e permanecem sem utilização. Assim como um novo velódromo, que apesar de não receber ciclistas. Conta com o ar condicionado ligado de forma ininterrupta para a preservação da cara pista de madeira.

Parque Aquático

No Parque Aquático, as piscinas temporárias foram removidas para serem instaladas em outros locais. Mas as crateras onde estavam permaneceram abertas. Acumulando água suja. Um risco em uma região com histórico de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

– Sem dúvida que causa um desconforto aquela sensação de que um parque bonito desse, que a gente viu há tão pouco tempo. Não estar sendo utilizado como nós todos gostaríamos. Atletas, comunidade esportiva e população – reconheceu a subsecretária de Esportes da Prefeitura do Rio, Patrícia Amorim. Acrescentando que está trabalhando para reverter a situação.

Segundo ela, a troca de governo municipal na virada do ano. O fracasso no plano da gestão anterior de repassar o Parque Olímpico da Barra à iniciativa privada por falta de interessados. Foram fatores decisivos para o problema, além do “momento muito complicado no país” no tocante à questão de recursos.

– Nesse momento todo o nosso esforço são os estudos de viabilidade financeira – disse a ex-nadadora olímpica em entrevista à agência inglesa de notícias Reuters durante visita ao parque.

População

Ela ressaltou que está trabalhando para que em um curto espaço de tempo o local volte a estar à disposição da população. Conforme prometido no plano de legado da candidatura da cidade para receber a Olimpíada.

Desde o fim dos Jogos, o Parque Olímpico não havia recebido um evento esportivo sequer nas novas arenas até o último fim de semana, Quando o Centro Olímpico de Tênis foi palco de um jogo de vôlei de praia. Sob duras críticas de tenistas que lamentaram o despejo de toneladas de areia sobre a quadra.

Quadra de tênis

– É patético você ver que já que está fechado, é melhor ter areia do que não ter nada. É patético você ter uma quadra de tênis lá. Não ser usada para tênis seis meses depois dos Jogos – disse à Reuters o ex-tenista Fernando Meligeni, 4º colocado na Olimpíada de Atlanta 1996 e crítico da gestão esportiva no país.

– No momento em que você faz uma Olimpíada e coloca de pé tantas arenas na mesma cidade você tem que se preparar. É inaceitável você acabar uma Olimpíada e não ter ninguém preparado para assumir um legado desses – acrescentou.

Estrangeiros aprenderão russo para a Copa do Mundo 2018

Milhares de apreciadores do futebol de todas as partes do Mundo querem ser voluntários na Copa do Mundo 2018 que irá ocorrer na Rússia

Por Redação, com Sputnik – de Moscou:

O Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa lançou o curso-online grátis para que os estrangeiros, que serão voluntários na Copa do Mundo 2018, possam aprender a língua russa.

Milhares de apreciadores do futebol de todas as partes do Mundo querem ser voluntários na Copa do Mundo 2018 que irá ocorrer na Rússia. Esperam que tenham a possibilidade de torcer pelas suas equipes e participar do grandioso evento.

O Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa lançou o curso-online grátis para que os estrangeiros, que serão voluntários na Copa do Mundo 2018, possam aprender a língua russa
O Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa lançou o curso-online grátis para que os estrangeiros, que serão voluntários na Copa do Mundo 2018, possam aprender a língua russa

O correspondente da agência russa de notícias Sputnik participou da conferência no Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa. Dedicada ao lançamento do programa da língua russa para voluntários estrangeiros.

Que conexão há entre futebol e línguas estrangeiras? Claro que é a Copa do Mundo 2018! Esportistas e fãs de todo o mundo se unem. Falta muito para a Copa do Mundo. Mas os preparativos há muito tempo se iniciaram, 176 mil pessoas preencheram fichas de inscrição para participar do evento. Vale ressaltar que as fichas vieram de 190 países diferentes.

Expressando seu desejo de participar do campeonato, os voluntários perseguem vários alvos — fazer novos amigos, entender a cultura russa, aprender o idioma e, finalmente, descobrir “qual é a verdadeira cor da Praça Vermelha”.

Cada um dos candidatos veio para Rússia com bagagens diferentes. Um espanhol, que desde pequeno se interessa pela cultura russa, é o orgulho de sua bela mulher russa, um francês que dá aulas de idioma em uma das escolas de Moscou.

Desde muito tempo aprecia com afinco o difícil idioma russo. Outra história interessante foi contada pelo voluntário do Peru, que se apaixonou pela Rússia ao conhecer a história do cosmonauta Yuri Gagarin pela televisão.

A principal “frase russa em inglês”

O Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa conta com “jovens alegres e divertidos” apontou a diretora Margarita Rusetskaya. E, claro, os participantes da conferência partilharam boa disposição e boas risadas, também graças à participação do famoso ator e humorista Sergei Belogolovtsev — um dos embaixadores da Copa do Mundo 2018 na Rússia.

– Infelizmente, o título de embaixador não permite assistir a todos os encontros da Copa do Mundo 2018. Pensei que, ao me tornar embaixador, tudo seria leve! Assistiu a todas as partidas! Mas não é bem assim – disse o ator, acrescentando que “sem dúvida alguma, para mim, esse título é uma grande alegria e orgulho. A minha alegria pode ser comparada com a de uma criança ao receber a proposta de participar deste evento. Essa oportunidade é única”.

O ator partilhou sua experiência da viagem para a Copa do Mundo em Portugal, que, segundo ele, são memórias para a vida toda, uma festa alegre e comunicação inapreciável.

Sergei Belogolovtsev se dirigiu aos numerosos participantes estrangeiros do evento, fluentes em muitos idiomas, inclusive no idioma russo.

– Tenho inveja dos nossos convidados, que falam vários idiomas, pois a única coisa que lembro é ‘London is the capital of Great Britain’ (Londres é a capital da Grã-Bretanha) – brincou.

– E a frase ‘Let me speak from my heart’? (Deixe-me falar com meu coração) – relembrou o visitante do Peru.

– Claro! Esta é a principal frase russa em inglesa – brinca o humorista. “Queria que a Copa do Mundo 2018 se tornasse o mais pacífico e amigável evento. Mas sejamos vigilantes! É claro que os voluntários treinarão seus músculos e estarão prontos para manter a ordem.”

Língua Russa

O Instituto Estatal Pushkin de Língua Russa ensina russo para todo o mundo. Há políticos, empresários, e representantes da cultura que um dia foram estudantes da instituição de ensino russa. Desta vez, o instituto está repleto de voluntários.

Educação à distância será realizada no portal “Ensino em russo”. Graças ao programa, os candidatos de qualquer país do mundo poderão aprender suas primeiras palavras em russo e aperfeiçoar seus conhecimentos em regime online até sua chegada à Rússia. O programa grátis especialmente elaborado para os estrangeiros foi lançado em 10 de fevereiro.

O primeiro campeonato mundial de futebol será realizado na Rússia a partir do dia 14 de junho até 15 de julho de 2018. As partidas serão realizadas em Moscou, Kaliningrado, São Petersburgo, Volgogrado, Kazan, Samara, Saransk, Rostov-no-Don, Sochi e Ekaterimburgo.

Henderson diz que Liverpool irá se redimir vencendo todas as partidas

A vitória do Liverpool sobre o Spurs em casa no sábado não ficou marcada só como a primeira vitória na Liga Inglesa neste ano, mas também como a segunda vitória em 11 jogos

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O Liverpool irá tentar se redimir após cair de desempenho neste ano ao concretizar o sonho do técnico Juergen Klopp de vencer todas as partidas restantes do Campeonato Inglês nesta temporada, disse o capitão Jordan Henderson.

Jordan Henderson durante partida do Liverpool na Liga Inglesa
Jordan Henderson durante partida do Liverpool na Liga Inglesa

Klopp disse antes da vitória do Liverpool por 2 a 0 sobre o Tottenham Hotspur no sábado que “sonhava com 14 vitórias consecutivas na liga”.

– Este é o objetivo. Desde o início falamos que o objetivo é vencer todos os jogos. Algumas vezes não é possível. Mas este é nosso objetivo e nosso objetivo é fazer isto a partir de agora até o final da temporada – disse Henderson à mídia britânica.

A vitória do Liverpool sobre o Spurs em casa no sábado não ficou marcada só como a primeira vitória na Liga Inglesa neste ano. Mas também como a segunda vitória em 11 jogos.

– Como jogadores, temos a responsabilidade, à medida que sentimos que decepcionamos a nós mesmos, ao técnico e aos torcedores – disse o meia inglês.

– Temos uma qualidade fantástica no time, grande mentalidade e grande personalidade. Mas não é meu lugar falar isto; temos que mostrar isto a partir de agora até o final da temporada.

O Liverpool é quinto na tabela da Liga Inglesa e está 11 pontos atrás do líder Chelsea.

Técnico do PSG

O técnico do Paris St Germain, Unai Emery. Contará com a experiência do passado para tornar difícil a vida do Barcelona nesta terça-feira. Quando as duas equipes se encontrarem no Parc des Princes para a partida de ida das oitavas de final da Copa dos Campeões.

O Barça eliminou o PSG nas quartas de final em 2013 e 2015. Mas Luis Enrique advertiu que os campeões franceses estão agora “mais estruturados”.

– Temos boas lembranças neste campo, desta equipe, mas nunca foi fácil – disse ele em uma entrevista coletiva na segunda-feira.

O Barca avançou pela regra de gols fora de casa em 2013 e venceu o PSG por 3 a 1 e 2 a 0 há dois anos. No entanto, o time francês agora é comandado pelo espanhol Emery, que conhece muito bem o Barça de seus tempos de treinador do Valencia (2008-12) e do Sevilla (2013-2016).

– Conhecendo Unai, eu sei que ele vai tentar deixar a nossa vida complicada – disse Luis Enrique.

– Ele nos conhece perfeitamente, sabe exatamente o que temos para oferecer. Nosso objetivo será manter a bola e criar espaço porque eles estarão assumindo riscos – acrescentou.

Enquanto o Barça poderá contar com o trio mágico formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar. O PSG contará com o atacante uruguaio Edinson Cavani, que está em ótima fase. Tendo marcado 25 gols nesta temporada.