Exploração de minerais no espaço exterior está prestes a começar

A primeira missão na história de humanidade com vista a explorar recursos minerais no espaço, em planetas e asteroides, deverá ser lançada na próxima década

 

Por Redação, com Sputnik News – de Moscou

 

O projeto ambicioso foi anunciado pela empresa norte-americana Deep Space Industries. Apoiada pelo governo do Luxemburgo, a empresa está determinada a explorar recursos minerais fora do planeta Terra.

Grandes conglomerados financeiros da Terra buscam alternativas de mineração em outros planetas
Grandes conglomerados financeiros da Terra buscam alternativas de mineração em outros planetas

Em 2017, no âmbito da primeira etapa, a empresa planeja colocar em orbita o satélite Prospector-X para testar a sua tecnologia. Depois, seus parceiros vão fazer aterrar o Prospector-1 em um asteroide perto da Terra para avaliar os recursos.  Estas missões devem se prolongar por 10 anos, indica a empresa.

O módulo no espaço está programado para enviar análises do solo aos cientistas, na Terra
O módulo no espaço está programado para enviar análises do solo aos cientistas, na Terra – Clique para ampliar

As características técnicas do Prospector-1 já são conhecidas: pesando 50 quilogramas, ele será dotado de todo equipamento necessário, incluindo o sistema Comet, responsável pela propulsão e à base de vapor de água. É esta característica que permitirá ao Prospector-1 a operar sem retornar à Terra para reabastecimento,  porque muitos asteroides contêm grande quantidade de gelo.

Caso esta missão seja realizada com sucesso, entrará em cena o aparelho Harvestor-X, responsável pela recolha de amostras de minerais. Paralelamente, a empresa continuará a desenvolver o aparelho Harvestor-1 que deverá efetuar a extração de minerais e seu envio para Terra.

Os cientistas afirmam que os asteroides contêm mais recursos naturais do que foi obtido em toda a história da Terra, advindo daí o enorme interesse na sua exploração.