Forças do Iraque iniciam segunda fase de ofensiva contra o EI em Mossul

Milhares de tropas federais que se deslocaram dos arredores do sul de Mossul duas semanas atrás também se lançaram sobre um punhado de bairros do sudeste, noticiou a televisão estatal

Por Redação, com Reuters – de Mossul:

Forças de segurança do Iraque iniciaram nesta quinta-feira a segunda fase de sua ofensiva contra militantes do Estado Islâmico em Mossul, avançando sobre alguns bairros do leste onde a batalha está em um impasse há quase um mês.

Membros das Forças de Mobilização Popular do Iraque disparam na direção de posições do Estado Islâmico a oeste de Mossul
Membros das Forças de Mobilização Popular do Iraque disparam na direção de posições do Estado Islâmico a oeste de Mossul

Milhares de tropas federais que se deslocaram dos arredores do sul de Mossul duas semanas atrás também se lançaram sobre um punhado de bairros do sudeste. Noticiou a televisão estatal.

– Esta é a segunda fase da operação para libertar Mossul conduzida pelas forças especiais, a polícia federal e nós nesta frente – disse à agência inglesa de notícias Reuters o general Nejm Jabouri. Comandante experiente do Exército, em um vilarejo logo ao sul de Mossul.

Desde que a ofensiva para capturar Mossul teve início nove semanas atrás, forças de contraterrorismo retomaram um quarto da cidade. O último grande bastião dos militantes no Iraque, mas seu progresso tem sido lento e custoso.

Neste mês eles entraram em uma “recomposição operacional” já planejada. A primeira pausa significativa da campanha.

Tropas

Um agente de uma unidade de elite do Ministério do Interior disse nesta quinta-feira que a unidade está avançando. Juntamente com as forças contraterroristas no bairro de Intisar, em Mossul. Onde soldados do Exército aconselhados por forças dos Estados Unidos fizeram pouco progresso.

– Nossas tropas estão avançando agora. Nos primeiros cinco ou 10 minutos eles ocuparam 500 metros. Agora mesmo estão começando a atirar – disse o oficial.

Uma coluna de fumaça branca, provavelmente causada por um ataque aéreo, se elevou de um bairro do sudeste na manhã desta quinta-feira. Enquanto na frente norte disparos intensos eram audíveis e um carro-bomba foi desarmado pelo Exército iraquiano antes de atingir seu alvo.