single.php

Metrô recebe eventos que marcam o Dia Internacional da Mulher

Quem estiver passando pela estação Carioca poderá conferir a exposição do projeto Nunca me calarei, do fotógrafo Marcio Freitas, e participar de uma roda de conversa

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

No Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quarta-feira, o MetrôRio vai abrir espaço para a discussão de um tema que vem ganhando cada vez mais destaque no Brasil e no resto do mundo: a violência contra a mulher. Quem estiver passando pela estação Carioca poderá conferir a exposição do projeto Nunca me calarei, do fotógrafo Marcio Freitas, e participar de uma roda de conversa, com início previsto para as 16h, organizada pela Coordenação de Defesa dos Direitos da Mulher, da Defensoria Pública do Rio de Janeiro.

Estação Carioca será palco de exposição e roda de conversa sobre violência contra a mulher
Estação Carioca será palco de exposição e roda de conversa sobre violência contra a mulher

Exposição “Nunca me calarei”

O projeto itinerante, que começou em 2016 e já passou por diferentes Estados. Reúne painéis de dois metros, com imagens de rostos de mulheres, de todas as partes do Brasil, que sofreram alguma forma de assédio, tentativa ou abuso sexual.

As fotos dão voz àquelas que se calaram durante muito tempo, devido a questões sociais e emocionais. Convidam outras mulheres a não se calarem diante de qualquer forma de violência. O público poderá conferir a mostra até o dia 17 de abril, na estação Carioca, no horário de funcionamento do metrô.

Roda de conversa: violência contra a mulher

Para aprofundar o debate sobre o tema Violência contra a mulher. A Coordenação de Defesa dos Direitos da Mulher, da Defensoria Pública do Rio de Janeiro. Vai promover, a partir das 16h, uma roda de conversa com a presença de defensoras públicas de defesa da mulher, do fotógrafo da exposição Nunca me calarei, Marcio Freitas, e de outros convidados.

Além disso, representantes do Núcleo de Defesa dos Direitos da Mulher e de Vítimas de Violência de Gênero da Defensoria Pública (Nudem). Prestarão atendimento ao público durante todo dia, a partir das 6h. Com informações sobre os direitos das mulheres e os canais de atendimento disponíveis para denúncia de casos de violência.

Serviço:

Exposição Nunca me calarei

Data: de 8 de março até 17 de abril

Local: estação Carioca do MetrôRio

Horário de funcionamento do metrô

Roda de conversa: violência contra a mulher

Data: 8 de março

Local: estação Carioca do MetrôRio

Horário: a partir das 16h

Flamengo e San Lorenzo

Os torcedores que forem ao Maracanã assistir a disputa entre Flamengo e San Lorenzo pela Libertadores, nesta quarta-feira. Contarão com os trens da SuperVia para voltar para casa. Buscando garantir mais conforto para os passageiros. A concessionária vai realizar seis viagens extras, partindo da estação Maracanã. Logo após o término do jogo. Duas delas seguirão para Japeri, três para Santa Cruz e uma para Saracuruna. Ao todo, a operação garantirá 12 mil lugares a mais, em trens com ar-condicionado.

Para a ida ao jogo, os espectadores poderão utilizar os trens da grade regular da SuperVia, de acordo com o planejado para cada ramal. A grade pode ser consultada nas estações, na seção “Planeje Sua Viagem” disponível no site www.supervia.com.br ou no aplicativo da concessionária. Em caso de dúvidas, os passageiros podem consultar ainda o SuperVia Fone, no número 0800.726.9494.