single.php

Snap Inc rechaça preocupações em segundo dia de roadshow para IPO

A Snap tem como meta uma avaliação entre US$ 19,5 bilhões e US$ 22,3 bilhões na listagem em duas semanas na Bolsa de Nova York

Por Redação, com Reuters – de Nova York:

A Snap Inc, dona do popular aplicativo de mensagens Snapchat, rechaçou o ceticismo de investigadores no segundo dia do roadshow para o IPO, apostando no carisma do CEO Evan Spiegel, de 26 anos, apresentado pela empresa como um “criador único de uma geração”.

A Snap Inc, dona do popular aplicativo de mensagens Snapchat, rechaçou o ceticismo de investigadores no segundo dia do roadshow para o IPO
A Snap Inc, dona do popular aplicativo de mensagens Snapchat, rechaçou o ceticismo de investigadores no segundo dia do roadshow para o IPO

A Snap tem como meta uma avaliação entre US$ 19,5 bilhões e US$ 22,3 bilhões na listagem em duas semanas na Bolsa de Nova York. A empresa cortou sua meta inicial de US$ 20 bilhões a US$ 25 bilhões na semana passada. Após feedback negativo de investidores.

Em uma sala com mais de 400 investidores no 36° andar do hotel Mandarin Oriental, em Nova York, na terça-feira. Spiegel afastou preocupações pelo crescimento de usuários mais lento. Ele destacou o potencial da Snap de mudar “a maneira que pessoas vivem e se comunicam”. De acordo com fontes que pediram para não ser identificadas porque o encontro foi fechado para a imprensa.

Muitos investidores ainda não foram convencidos pela Snap de que a empresa é mais valiosa que o Facebook. Com base na receita no momento do IPO da rede social em 2012. Ainda assim, reconheceram que a Snap deve realizar o maior IPO de tecnologia do ano e que é a queridinha dos millenials.

– Eles poderiam estar de roupa de baixo lá e ninguém ia ligar – disse um investidor que participou do evento na terça-feira.

IPO

Na sessão de perguntas e respostas com a admnistração da empresa. Nenhum participante perguntou sobre a estrutura inédita de ações da companhia. Que não dá direito de voto a investidores do IPO. Investidores estavam cautelosos de que caso fossem muitos críticos. Poderiam levar a companhia a limitar a alocação na oferta, disse um investidor.

Spiegel e o cofundador Bobby Murphy terão direito a 10 votos por cada ação. Os atuais investidores, tais como aqueles que colocaram capital de risco, terão um voto por cada ação.