Faetec registra cerca de 130 mil inscritos para cursos gratuitos

Em todo o estado, foram ofertadas 25 mil vagas, distribuídas por mais de 90 unidades

Os destaques da 2ª rodada deste ano foram os cursos voltados para as áreas de maior demanda de profissionais nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Cerca de 130 mil pessoas se inscreveram nos cursos profissionalizantes gratuitos da Faetec, instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. Em todo o Estado, foram ofertadas 25 mil vagas, distribuídas por mais de 90 unidades.

Em todo o estado, foram ofertadas 25 mil vagas, distribuídas por mais de 90 unidades
Em todo o estado, foram ofertadas 25 mil vagas, distribuídas por mais de 90 unidades

Os destaques da 2ª rodada deste ano foram os cursos voltados para as áreas de maior demanda de profissionais nos Jogos Olímpicos Rio 2016: Turismo, Gastronomia, Hospitalidade e Lazer. Os cursos têm duração de 10 semanas.

Segundo o presidente da Faetec, Wagner Victer, essa é a chance de muitos alunos e ex-alunos conquistarem um emprego ainda neste semestre, com tempo hábil para trabalhar nas Olimpíadas, que começa em agosto.

– Por meio de uma parceria firmada entre a Faetec e o Comitê Rio 2016 foi possível ofertar um maior número de vagas nos cursos de agente de informações turísticas, auxiliar de cozinha, bartender, camareira em meios de hospedagem, garçom, recepcionista, entre outros, que apresentam boas chances de contratação durante os Jogos Olímpicos – disse o presidente da Faetec, Wagner Victer.

Vagas remanescentes

A Faetec abriu o período de matrícula para vagas remanescentes, aquelas que não foram preenchidas pelos candidatos sorteados. O prazo vai até a próxima quarta-feira. O interessado deve ir à unidade que deseja estudar e fazer a consulta de oportunidades disponíveis, levando original e cópia da carteira de identidade, CPF e os comprovantes de residência e escolaridade. Menores de idade devem ir com seus responsáveis.

– O esforço, neste momento, é capacitar o maior número possível de alunos com a melhor qualidade para que atendam os requisitos profissionais que o mercado de trabalho exige. Nesse sentido, os cursos profissionalizantes da Faetec, sem custo algum para o candidato, tornam-se uma referência – disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Faetec: alunos são premiados por desempenho educacional

Destaques do projeto foram premiados com medalhas e tablets

 

O projeto De Olho no Futuro é uma iniciativa pioneira da FGV com a Faetec e tem por objetivo proporcionar uma ferramenta em forma de portal para ensino online

 

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ), em conjunto com o Governo do Estado, por meio da Faetec, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, realizou a premiação aos estudantes que apresentaram bom desempenho no projeto “De Olho no Futuro”. A cerimônia aconteceu na sede da FGV, em Botafogo, na última terça-feira, dia 15. Os destaques do projeto foram premiados com medalhas e tablets.

Destaques do projeto foram premiados com medalhas e tablets
Destaques do projeto foram premiados com medalhas e tablets

O projeto De Olho no Futuro é uma iniciativa pioneira da FGV com a Faetec e tem por objetivo proporcionar uma ferramenta em forma de portal para ensino online associado a sistemas de autoavaliação dos estudantes do Ensino Médio, que visam à melhoria da aprendizagem e, consequentemente, a preparação para seleções para universidades.

– Este projeto é um diferencial para quem está se preparando para o vestibular e uma ferramenta fundamental de avaliação do conhecimento de nossos alunos, uma vez que o nível de dificuldade é compatível com o Enem. Por isso, reunir os melhores da nossa rede é uma maneira incentivá-los a permanecer estudando e se profissionalizando,  disse o Presidente da Faetec, Wagner Victer.

Ao longo de 2015, cerca de 5 mil alunos dos 2º e 3º anos de 15 unidades da Faetec realizaram o processo. Em função do alto rendimento no exame, os melhores classificados de todas as escolas foram agraciados, destacando a qualidade e o esforço dos participantes.

– O número de inscritos praticamente quadruplicou da última edição para esta. O rendimento dos alunos da Faetecestá sendo surpreendente, inclusive, já temos estudantes da Fundação que estão estudando conosco em cursos avançadíssimos, como Matemática Aplicada, e bolsa de 100%– finaliza o Presidente da FGV, Carlos Ivan Simonsen Leal.

Escola Técnica de Transportes ganha novas instalações no Rio

O Governo do Estado inaugurou, as novas instalações da Escola Técnica de Transportes Engenheiro Silva Freire, Faetec Deodoro

 

Com salas climatizadas e auditório para aproximadamente 100 pessoas, a unidade formará cerca de mil alunos por ano em cursos como os de Manutenção Metroferroviária e Logística

 

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

 

O Governo do Estado inaugurou, as novas instalações da Escola Técnica de Transportes Engenheiro Silva Freire, Faetec Deodoro. A unidade é a primeira do Estado especializada na área de transportes. Construída em parceria com o Comitê Rio 2016, a escola da Zona Norte do Rio recebeu investimentos de R$ 5 milhões.

– A escola de Deodoro representa uma oportunidade única para a população fluminense se capacitar, durante esse difícil momento econômico pelo qual o país passa. Acho que o caminho mais curto para sair da crise passa pelo ensino técnico e pela qualificação profissional – afirmou o governador Luiz Fernando Pezão.

O Governo do Estado inaugurou, as novas instalações da Escola Técnica de Transportes Engenheiro Silva Freire, Faetec Deodoro
O Governo do Estado inaugurou, as novas instalações da Escola Técnica de Transportes Engenheiro Silva Freire, Faetec Deodoro

Com salas climatizadas e auditório para aproximadamente 100 pessoas, a unidade formará cerca de mil alunos por ano em cursos como os de Manutenção Metroferroviária e Logística. Nos modernos laboratórios, os estudantes terão acesso a instrumentos semelhantes aos encontrados no transporte metroferroviário fluminense. Um vagão dos novos trens chineses servirá como laboratório na escola, para que os jovens tenham acesso à tecnologia de ponta em sua formação.

– Essa é uma escola que precisava do investimento que foi feito, pois forma mão de obra dos setores metroviário e ferroviário, em crescente demanda no estado, possibilitando a garantia de emprego para os profissionais – explicou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.

O antigo espaço, próximo ao Estádio Nilton Santos (Engenhão), foi cedido para o Comitê Rio 2016, onde foi montada uma das bases de apoio para os Jogos Olímpicos. A nova unidade, mais ampla e moderna, está localizada em um terreno obtido junto à concessionária SuperVia e mantém a qualidade e o reconhecimento da premiada Escola Técnica de Transportes Engenheiro Silva Freire. Por estar próxima à oficina da empresa, a escola estará apta a formar alunos para, no futuro, atuarem na manutenção dos trens e metrôs que circulam pela cidade, inclusive os fabricados na China.

– A parceria entre o Comitê Rio 2016 e o Governo do Estado é um significativo legado dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em especial para a Zona Oeste, pois os alunos terão acesso a modernas instalações e laboratórios para uma formação qualificada – disse o presidente da Faetec, Wagner Victer.

Durante a cerimônia, também foi assinado um termo de cooperação técnica de criação do primeiro curso de especialização em Manutenção de Elevadores, Escadas Rolantes e Esteiras do Rio de Janeiro, que será realizado em parceria com o Sindicato das Empresas de Conservação e Instalação de Elevadores do Rio (Semierj).

Estudante da Faetec irá conhecer o Facebook e o Dropbox nos EUA

Jovem foi a primeira estudante da rede pública a ser escolhida no Brasil

 

Na Califórnia, o grupo visitará as sedes do Facebook, em Menlo Park, e do Dropbox, em São Francisco

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

A estudante da Escola Técnica Estadual Faetec Ferreira Viana, Gabriella Lopes da Silva, de 18 anos, vai conhecer um dos mais bem-sucedidos investidores do século XX: o CEO da Berkshire Hathaway, Warren Buffett, nos Estados Unidos. Ela e outros 15 jovens de todo o país foram selecionados na Jornada Warren Buffett e viajaram nesta quarta-feira.

Além da oportunidade de fazer um tour por empresas americanas do grupo, sediadas em Omaha, Nebraska, eles terão a chance de fazer uma sessão de perguntas e respostas ao investidor. Na Califórnia, o grupo visitará as sedes do Facebook, em Menlo Park, e do Dropbox, em São Francisco. Para a estudante de robótica, essa será a oportunidade perfeita de ter contato com o que existe de mais atual no mercado de tecnologia e desenvolvimento.

Jovem foi a primeira estudante da rede pública a ser escolhida no Brasil
Jovem foi a primeira estudante da rede pública a ser escolhida no Brasil

– É como se eu estivesse vivendo um sonho, e nem acredito. A Faetec me preparou e me deu a oportunidade de conhecer uma das maiores mentes empreendedoras do mundo. Minha vontade é de levar todos os meus colegas de classe comigo – disse Gabriella.

Desde 2007, o programa realizado anualmente tem o objetivo de levar brasileiros para uma “missão de descobrimento” a algumas instituições de renome mundial e, como ponto alto, conhecer o investidor Warren Buffett.

Faetec Santa Cruz forma 6 mil estudantes

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Cerca de 6 mil estudantes da Faetec Santa Cruz receberão seus certificados de conclusão neste sábado. Os estudantes são de 28 cursos nas áreas de Turismo, Moda, Administração, Idiomas, Informática, Elétrica e Mecânica.

Serão entregues certificados aos estudantes que fizeram cursos de Espanhol, Inglês, Inglês para Serviços Turísticos, Espanhol para Serviços Turísticos, Francês, Costureiro, Modelista, Bordado e Customização, Operador de Computador, Ambiente Windows, Operador de Computador Ambiente Linux, Confeccionador de Lingerie e Moda Praia, Instalações Elétricas, NR10, Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Eletricista Industrial, Auto Cad 2D/3D, Excel Avançado, Operador de Editoração Eletrônica, Instalador e Reparador de Refrigeração e Climatização Doméstica, Instalador e Reparador de Ar-Condicionado Tipo Split, Soldador no Processo Eletrodo Revestido Aço Carbono e Aço Baixa Liga, Aperfeiçoamento em Injeção Eletrônica e GNV, Assistente Administrativo, Eletricista de Automóveis, Mecânica de Motores a Diesel, Recepcionista e Mecânico de Automóveis Leves.

 

Cerca de 6 mil estudantes da Faetec Santa Cruz receberão seus certificados de conclusão
Cerca de 6 mil estudantes da Faetec Santa Cruz receberão seus certificados de conclusão

– A Zona Oeste do Rio e os municípios do entorno, como Seropédica e Itaguaí, têm crescido bastante. Não são poucas as empresas que se instalam na região. O reflexo disso é a criação de vagas de trabalho. Tenho certeza de que as pessoas que passaram pelos cursos da Faetec, que são de qualidade reconhecida pelo mercado, terão mais oportunidades de conseguir as vagas. É bom para as empresas, que terão uma mão de obra qualificada e sem dificuldades de locomoção até o local de trabalho, e para o cidadão, que terá a chance de ascender socialmente – afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.

Todos os certificados foram emitidos por meio de um moderno sistema digital implantado pela Fundação, que assegura sua autenticação e garante mais segurança ao aluno na emissão do diploma.

– Além da garantia de ótimos cursos ofertados, também visamos atender às demandas profissionais locais, fortalecendo a empregabilidade da população, preparando-a para suprir a necessidade do mercado de trabalho e, por tabela, melhorar os índices de qualidade de vida na região – destacou o presidente da Faetec, Wagner Victer.

Faetec: estudantes transformam lixo eletrônico em robôs

O projeto Robótica de Baixo Custo é uma das ações realizadas no Centro de Informática da Faetec Três Rios

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Inspirada em práticas educativas de reaproveitamento de lixo eletrônico, a Fundação de Apoio á Escola Técnica (Faetec) investe no projeto de Robótica de Baixo Custo. Estudantes transformam sucata em pequenos protótipos eletrônicos: os primeiros robôs com arduino (lógica de programação) da unidade de Três Rios.

A ideia de aplicar a robótica como prática pedagógica surgiu dos alunos dos cursos de Manutenção e Redes de Computadores, em 2014, a partir de uma campanha de recolhimento de lixo eletrônico para empresas especializadas em reciclagem. Mas as peças não aproveitadas, como leitor de driver, placas, motores, leds, engrenagens e diversos dispositivos de plástico, ganharam nova finalidade.

Os estudantes tiveram o desafio de construir robôs com linguagem de programação. Na montagem, eles projetaram carros que tivessem velocidade, durabilidade da bateria e estabilidade. Foram testados em diferentes tipos de terreno e sua estrutura foi modificada até alcançar os melhores resultados. Hoje, é possível participar de competições e avaliar características como agilidade, peso, design e autonomia da bateria.

Ideia é aplicar a robótica como prática pedagógica
Ideia é aplicar a robótica como prática pedagógica

Para o idealizador do projeto, professor Raphael de Souza, a atividade ajudou a melhorar o relacionamento entre os alunos e aumentou o interesse na pesquisa e na busca por novos conhecimentos em tecnologia. O desenvolvimento do Robótica de Baixo Custo se mostrou tão interessante que motivou os jovens a continuar estudando Linguagens de Programação e Hardware Livre (Arduino). Atualmente, mais da metade deles ingressou no Ensino Técnico de Informática.

– Os nossos alunos têm muito potencial e não se contentam com atividades básicas. O desejo por aprimoramento e o envolvimento deles foi o que me motivou a trazer novos desafios à sala de aula. Conseguimos trabalhar matérias, como matemática, leis da física, lógica e programação, de forma integrada – explicou o professor.

A reutilização

O projeto Robótica de Baixo Custo é uma das ações realizadas no Centro de Informática da Faetec Três Rios. A primeira campanha “Doe seu computador que não te atende mais” reuniu diversas peças, as quais estudantes puderam montar, testar e configurar, em aula, os equipamentos doados na instituição.

– A iniciativa de receber doações de gabinetes, monitor, mouses e teclados, que funcionem e que não tenham mais utilidades para seus donos, foi revertida também em outro projeto de reaproveitar partes úteis desses eletrônicos para construir novas máquinas e doá-las a um asilo local. Os idosos atendidos pelo programa ainda ganharam um aplicativo de jogo da memória, construído pelos alunos, e recebem visitas mensais dos estudantes para inseri-los no mundo digital – disse o presidente da Faetec, Wagner Victer.

Este ano, as máquinas construídas serão doadas aos alunos que ainda não têm acesso a computadores. Outras turmas também estão inseridas no programa, como é o caso do curso de Editoração Eletrônica, na qual os alunos trabalham criando materiais de divulgação para a conscientização da comunidade sobre o uso e a compra de equipamentos eletrônicos.

 

Faetec participa de Feira de tecnologia

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Em maio de 2016, os estudantes Christian Marques e Isabelli Gomes, ambos de 17 anos, participarão da Intel Isef, a Feira Internacional de Ciências e Engenharia da empresa de computadores Intel. Alunos do curso de Eletrônica da Faetec Henrique Lage, em Niterói, eles inventaram o Painel Virtual de Segurança, uma espécie de chave eletrônica que lê o código no ar (sistema onde não é necessário encostar nas teclas) para abrir uma porta.  Agora terão a oportunidade de participar da maior feira de tecnologia do mundo, nos Estados Unidos, com inventores de 90 países.

Estudantes apresentarão o Painel Virtual de Segurança
Estudantes apresentarão o Painel Virtual de Segurança

Em outubro, os jovens conquistaram o 3º lugar na categoria Eletrônica da Mostratec (Mostra Brasileira e Internacional de Ciência e Tecnologia), realizada no Rio Grande do Sul com equipes de 19 países. A metodologia de pesquisa da dupla fluminense foi elogiada pelos jurados e eles foram credenciados para participar da exposição internacional. Outras sete equipes brasileiras foram selecionadas.

– Desenvolvemos um sistema residencial no qual, em vez de apertar botões ou deslizar em telas, os sensores são ativados pela leitura da senha pelo ar, sem marcas de oleosidade da pele ou digitais. Chegamos na Faetec sem conhecer Eletrônica, e com o tempo conseguimos desenvolver projetos – explicou Christian.

Foram sete meses entre a concepção da ideia e o projeto final. Antes da Mostratec, eles ganharam o 1º lugar na categoria Eletrônica da Expotec, realizada em outubro, no campus Maracanã do Cefet. Aconselhados pelos jurados, eles aperfeiçoaram o projeto e incluíram uma senha de administrador para aumentar a segurança, e o alarme que é ativado caso se erre a senha três vezes.

– Continuamos em desenvolvimento. Também estamos fazendo um novo protótipo, com design melhor para levarmos para a Intel Isef – contou Isabelli.

Para o presidente da Faetec, Wagner Victer, a participação em feiras e exposições nacionais e internacionais é importante para a formação dos estudantes.

– A Faetec sempre incentivará iniciativas desse porte e com esse potencial. É um orgulho – disse Victer.

Alunos de Niterói são destaques em evento

Com soluções para problemas concretos, que incluem pesquisa, realização de testes, até a construção de um protótipo, quatro equipes da Faetec Henrique Lage foram premiadas na Expotec (Exposição da Produção em Ciência e Tecnologia de Alunos de Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio do Rio de Janeiro), realizada em outubro, no campus Maracanã do Cefet.

– É através de estímulos como este que nossas crianças vão se interessar pela escola e pela ciência propriamente dita. Sem isso, não teremos cientistas, nem inovação. E, se há uma coisa que o país precisa, é de inovação científica e tecnológica – disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.

Além de Christian Marques e Isabelli Gomes que venceram na categoria Eletrônica, a dupla Matheus de Souza Santos e Daniel Gladston ganhou a primeira colocação em Física com o Display 3D Interativo.

Na categoria Engenharia Automobilística e Transportes, a Faetec Henrique Lage conquistou pódio duplo com Lucas Rocha, Lucas Mol e Lyncoln Sousa, que inventaram o Limitador de Velocidade para Automóveis, em primeiro, e Pedro Sant’anna e Lucas Campos, com o Sistema de Monitoramento e Fiscalização de Transporte Público, em segundo lugar.

– Os alunos do Laboratório de Eletrônica já ganharam muitos prêmios em feiras, mas ir para a Intel Isef foi uma surpresa para todos. Acreditamos muito na criatividade, na capacidade e na vontade de fazer dos nossos alunos. Como professor, é uma emoção ver o desenvolvimento de um estudante – afirmou o coordenador do curso de Eletrônica, Altair dos Santos.

 

Faetec: inscrições para cursos ainda podem ser feitas

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

O Governo do Rio de Janeiro, por meio da Faetec, oferece 6.812 vagas para cursos técnicos de níveis Médio, Superior e Fundamental, além da Educação Infantil. As inscrições podem ser feitas no sitewww.faetec.rj.gov.br e no Facebook (www.facebook.com.br/redefaetec). O prazo termina no dia 29 deste mês.

Do quantitativo de vagas, para o Ensino Técnico serão 6.055, sendo 2.685 na modalidade Subsequente, destinadas a quem já concluiu o Ensino Médio e deseja fazer somente o Técnico na instituição; 30 para Concomitância Externa, para quem está matriculado no Ensino Médio; 3.340 para Integrada com o Ensino Médio, destinada a quem já tenha concluído o Ensino Fundamental; além de 105 oportunidades para Especialização em Enfermagem.

Para o Ensino Superior, a Faetec oferta 572 vagas, em 10 unidades. Para a Escola de Teatro Martins Pena, serão 30 oportunidades. Para se inscrever a uma das vagas, o candidato deve ler o edital, preencher o fomulário e o questionário socioeconômico, imprimir a ficha e o boleto bancário, no valor de R$ 39.

Para o Ensino Superior, a Faetec oferta 572 vagas, em 10 unidades
Para o Ensino Superior, a Faetec oferta 572 vagas, em 10 unidades

– A qualificação profissional é a principal porta de entrada dos cidadãos no mercado de trabalho. A Fundação oferece uma gama de oportunidades para quem deseja iniciar 2016 cursando um ensino público, gratuito e de qualidade – disse o presidente Wagner Victer.

Do total de vagas, 5% de cada curso serão reservadas às pessoas com deficiência e 20% aos estudantes oriundos da Rede Pública e beneficiados pelo sistema de cotas. Quem deseja fazer o pedido de isenção da taxa de inscrição, deve se adequar ao perfil previsto no edital para tal solicitação. O prazo termina no dia 6 de novembro. A relação dos pedidos de isenção aprovados será divulgada no dia 10.

Faetec abre inscrições para 9 mil vagas

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

As inscrições para concorrer a uma das 9 mil vagas para cursos profissionalizantes da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, estão abertas até o próximo domingo para a realização do cadastro.

As oportunidades desta rodada são em áreas como Construção Civil, Gastronomia, Hospitalidade, Lazer, Moda, Beleza, entre outras. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas por meio do site www.faetec.rj.gov.br.

Ao todo, são 63 unidades com ofertas de qualificação profissional
Ao todo, são 63 unidades com ofertas de qualificação profissional

– Nesta última semana, é importante que o candidato leia o edital com atenção e faça sua inscrição com antecedência. Estas qualificações são ótimas oportunidades para se profissionalizar, inclusive, para o aluno que deseja trabalhar na Olimpíada, por meio do convênio assinado com o Comitê Rio 2016, e, ainda, quiser montar seu próprio negócio, pois também firmamos parceria com a AgeRio (Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro), na qual alguns estudantes da Faetec poderão receber linhas de crédito de R$ 300 a R$ 15 mil – disse o presidente da Faetec, Wagner Victer.

Ao todo, são 63 unidades com vagas de Qualificação Profissional. Um dos destaques desta rodada é a grande oferta para o segmento de Hospitalidade e Lazer, com mais de mil oportunidades de formação em cursos de Agente de Informações Turísticas, Auxiliar em Serviços de Hospedagem, Camareira em Meios de Hospedagem, Copeiro, Governanta em meios de Hospedagem, Bartender, Garçom, Recepcionista em Meios de Hospedagem, entre outros.

– Os cursos da Faetec dão as ferramentas necessárias para que o trabalhador agarre as boas oportunidades que surgem – afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.

 

Estudantes serão premiados por ações voluntárias no Rio

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Estudantes do Ensino Médio das unidades da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica) da cidade do Rio de Janeiro que realizam trabalho voluntário em suas comunidades poderão se inscrever no prêmio Prudential Espírito Comunitário. Os dois primeiros colocados representarão o Brasil na premiação mundial do evento, que será realizada nos Estados Unidos. As inscrições acontecem até 5 de outubro.

 

Prêmio, em parceria com a Faetec, acontece nos Estados Unidos
Prêmio, em parceria com a Faetec, acontece nos Estados Unidos

 

O objetivo do prêmio, desenvolvido pela Prudential Seguradora em parceria com a Faetec, é identificar e reconhecer jovens que desempenham ações voluntárias nas comunidades em que estão inseridos em 2014 ou 2015. As normas de participação estão nos sites www.faetec.rj.gov.br ewww.premioprudential.com.br. A inscrição é gratuita e limitada a um único projeto por aluno.

– Ao todo, 26 projetos serão classificados. Além de representar o Brasil na premiação mundial, o primeiro lugar receberá R$ 10 mil e o segundo, R$ 5 mil. Já o terceiro lugar ganhará R$ 3,5 mil. As quantias serão doadas às instituições onde foram realizadas as ações voluntárias. Os demais 23 selecionados receberão medalhas – disse o presidente da Faetec, Wagner Victer.

O prêmio é uma versão brasileira do Prudential Spirit of Community Awards, que acontece todos os anos nos Estados Unidos, desde 1995. A premiação conta com mais de 100 mil jovens nos níveis municipal, estadual e nacional.