Operação com cães registra recorde de apreensão no Rio

Nos últimos três anos, o BAC teve um aumento de mais de 1.200% na quantidade de drogas apreendidas. Em janeiro de 2015, foi registrada a apreensão de 264 kg

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro:

Policiais militares do Batalhão de Ações com Cães (BAC) apreenderam aproximadamente três toneladas de drogas somente no mês de janeiro. As operações aconteceram em diversas comunidades do Rio de Janeiro. Ações também apreenderam um grande volume de armamentos.

Policiais militares apreenderam três toneladas de drogas apenas em janeiro
Policiais militares apreenderam três toneladas de drogas apenas em janeiro

Nos últimos três anos, o BAC teve um aumento de mais de 1.200% na quantidade de drogas apreendidas. Em janeiro de 2015, foi registrada a apreensão de 264 kg e, no mesmo mês de 2016, 126 kg de drogas apreendidas. Já em 2017, foram 3.224 kg, o que comprova o aumento expressivo deste ano.

– O resultado é fruto do esforço coletivo dos nossos policiais e do treinamento com os nossos cães. O batalhão é pioneiro no Brasil em reprodução assistida, então, temos diversos cães que nasceram e foram treinados no próprio batalhão – explicou o primeiro-tenente do BAC, Felipe da Silva Rodrigues.

Denúncias

Segundo o tenente, a população fluminense pode ajudar nas ações fazendo denúncias.

– Se alguém observar qualquer movimentação estranha ou tiver informações de pessoas ligadas ao tráfico, é dever do cidadão denunciar – disse o policial.

Operação

No dia anterior, agentes da Operação Centro Presente, durante patrulhamento na Rua Souza e Silva, prenderam Altemir da Silva Gomes, de 28 anos, e Nilton dos Santos Azevedo, de 34 anos. Eles foram abordados quando saíram da fábrica Moinho Fluminense com um rolo de fio grosso, uma mochila e sacola preta. Com eles foram encontrados fios de cobre e disjuntores. Nilton e Altemir foram encaminhados à 4ª DP (Praça da República) e autuados por furto.

Três horas depois, policiais militares da Operação prenderam Marcio José Benedito da Conceição, de 33 anos. A equipe recebeu informações de que um homem estaria praticando furto de materiais na mesma fábrica. Os agentes foram ao local e com Márcio encontraram uma sacola com vários rolos de fio de cobre. Ele foi conduzido à 4ª DP (Praça da República) e autuado por furto. Márcio é morador de Belford Roxo e possui três anotações criminais.

Na mesma rua, na manhã de hoje, os agentes capturaram um foragido da Justiça. Após consulta ao Banco Nacional de Mandados de Prisão, foi verificado que contra Pablo Pinheiro da Silva, de 22 anos, havia um mandado de prisão pendente pelo crime de homicídio qualificado. Ele foi encaminhado à 4ª DP, onde o caso foi registrado.

Agentes da Operação Centro Presente patrulhavam a Rua Gereral Caldwel, na noite de quarta-feira, quando dois adolescentes de 15 e 12 anos em uma bicicleta tentaram fugir após perceberem a aproximação policial. Com eles foi encontrado um celular que eles confessaram ter furtado em um estabelecimento comercial na Lapa. Os menores foram encaminhados para a Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) e vão responder por fato análogo ao crime de furto.

TSE registra 15,6 mil fraudes em títulos de eleitor

O Estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares

Por Redação, com ABr – de Brasília:

A Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas. São eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

A Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas
A Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas

O Estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas. Onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares, segundo o levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

Em Goiás, um único homem conseguiu emitir 51 títulos de eleitor, todos em diferentes cartórios. Ele só foi identificado porque em todos os cadastros constava a mesma impressão digital, que é única para cada indivíduo. Neste caso, o registro biométrico o impediu de votar repetidas vezes.

Dados

Além de resultar no cancelamento das inscrições irregulares, os dados foram enviados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, ao Ministério Público Federal, para que sejam apurados os “indícios de configuração de eventual ilícito eleitoral ou de outra natureza”, escreveu o magistrado. As investigações podem acarretar ações penais.

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022.

Itália registra novo terremoto de 4 graus

A região central da Itália vem registrando uma sequência de tremores desde o que devastou Amatrice, em 24 de agosto, totalizando quase 50 mil terremotos desde então

Por Redação, com Ansa – de Roma:

Um terremoto de 4 graus na escala Richter foi registrado na cidade de Áquila, na Itália, nesta segunda-feira, informou o Instituto Nacional de Geologia e Vulcanologia (INGV). O tremor ocorreu às 4h13, hora local ((00h13 no Brasil), e atingiu outras cidades da região central da Itália, como as comunas da região de Marcas. O sismo teve 11 quilômetros de profundidade e o epicentro foi registrado a 3 quilômetros (km) de Montereale e a 14 km de Amatrice – devastada por um tremor em agosto do ano passado. A informação é da Agência Ansa.

Um terremoto de 4 graus na escala Richter foi registrado na cidade de Áquila, na Itália, nesta segunda-feira, informou o Instituto Nacional de Geologia e Vulcanologia (INGV)
Um terremoto de 4 graus na escala Richter foi registrado na cidade de Áquila, na Itália, nesta segunda-feira, informou o Instituto Nacional de Geologia e Vulcanologia (INGV)

A região central da Itália vem registrando uma sequência de tremores desde o que devastou Amatrice, em 24 de agosto, totalizando quase 50 mil terremotos desde então.

Norcia

Outra cidade devastada pelos terremotos de agosto, Norcia, teve um domingo diferente. As primeiras 18 casas de madeira foram entregues aos moradores que perderam tudo. Todos os beneficiados moram no bairro de San Pellegrino.

– Este é o resultado de cinco meses difíceis. Mas é também a melhor resposta que o Estado poderia dar. Hoje, podemos dizer que as instituições fizeram o melhor possível. Mesmo com tantas dificuldades – disse o prefeito da comuna, Nicola Alemanno.

Uma das idosas que recebeu a moradia não escondeu a emoção e disse que está “tremendo toda” ao voltar a ter uma casa.

Tajani visita áreas afetadas

O novo presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani. Ele visitou a área central da Itália no domingo para demonstrar o apoio da União Europeia à população. “A mensagem que trago de Bruxelas é que a Europa não esquecerá o que aconteceu.

A Europa já fez muito para os terremotos de Áquila e da Emília Romana e fará muito para o centro da Itália”. Disse Tajani durante a visita, lembrando dos sismos de 2009.

O presidente ressaltou que o bloco já liberou 2 bilhões de euros em ajuda. Mas lembrou que a Defesa Civil deu um retrato no qual se contam 25 bilhões de euros em danos. “Quando existe uma emergência, não há direita ou esquerda.

– Busquei levar ao debate (do Parlamento) a sensação de impotência da população. A sensação de viver como se a cabeça estivesse sempre girando. Eu percebi que a população quer ficar em seu território e tem vontade de recomeçar – acrescentou.

SP registra três casos e seis mortes de febre amarela

O Estado de São Paulo registrou três pacientes com diagnóstico confirmado para febre amarela

O último balanço da Secretaria Estadual de Saúde cita duas mortes de casos autóctones nos municípios de Batatais e Américo Brasiliense

Por Redação, com ABr – de São Paulo:

O Estado de São Paulo registrou três pacientes com diagnóstico confirmado para febre amarela, um em Ubatuba, na Baixada Santista, e dois em Diadema, na Grande São Paulo. Além desses casos, seis pessoas morreram por causa da doença nas cidades de Assis, Bauru, Botucatu, São José do Rio Preto, Batatais e Américo Brasiliense.

O Estado de São Paulo registrou três pacientes com diagnóstico confirmado para febre amarela
O Estado de São Paulo registrou três pacientes com diagnóstico confirmado para febre amarela

O último balanço da Secretaria Estadual de Saúde cita duas mortes de casos autóctones nos municípios de Batatais e Américo Brasiliense. Os outros quatro casos de morte são importados. Ou seja, as infecções ocorreram fora do Estado, todos em Minas Gerais.

Os dois pacientes de Diadema, um menino de 11 anos e um homem de 60 anos. Eles contraíram febre amarela em viagem a Minas Gerais. Segundo a prefeitura, os dois pacientes estão curados e receberam alta médica.

Adolescente

Em Ubatuba, um adolescente de 16 anos contraiu a doença ao viajar para Ladainha, Minas Gerais. Ele foi para o município mineiro no dia 2 de janeiro e retornou a Ubatuba no dia 9. Sendo internado dias depois. O adolescente recebeu alta no último dia 20 e passa bem.

A cidade de Ubatuba ainda investiga o caso de um homem de 40 anos, que esteve em Setubinha, Minas Gerais, e não chegou a ficar hospitalizado. Ele aguarda o resultado do exame.

Segundo a prefeitura, o estoque de vacinas nas regiões da Figueira, Sumaré e Taquaral esgotou. A previsão é que o atendimento volte ao normal na próxima semana, com a chegada de nova remessa de 7 mil doses.

Liga Inglesa registra lucro em transferências pela primeira vez

Análises da empresa de consultoria Deloitte mostram que clubes da primeira divisão do futebol inglês gastaram estimados 215 milhões de libras na janela de transferências

Por Redação, com Reuters – de Londres:

Clubes da Liga Inglesa tiveram lucro na janela de transferências pela primeira vez, apesar de gastos quase recordes em janeiro, graças a duas caras transferências para a China e a volta para casa do meia francês Dimitri Payet.

Clubes da Liga Inglesa tiveram lucro na janela de transferências pela primeira vez, apesar de gastos quase recordes em janeiro
Clubes da Liga Inglesa tiveram lucro na janela de transferências pela primeira vez, apesar de gastos quase recordes em janeiro

Análises da empresa de consultoria Deloitte mostram que clubes da primeira divisão do futebol inglês gastaram estimados 215 milhões de libras na janela de transferências que fechou na terça-feira. Mas arrecadaram 40 milhões de libras a mais do que gastaram.

Isso leva os gastos totais dos clubes para a temporada 2016-2017 para quase 1,4 bilhão de libras. Quebrando o recorde da temporada passada e confirmando a Liga Inglesa como a que mais gasta dinheiro na Europa.

Os clubes da Liga Francesa gastaram um total de cerca de 130 milhões de libras em janeiro. Na frente da Liga Alemã, com 85 milhões, e da Liga Italiana, com 80 milhões.

Os clubes da Liga Espanhola gastaram cerca de 20 milhões de libras. Embora o Real Madrid tenha sido banido de contratar novos jogadores.

Receita

A Deloitte disse que quatro jogadores representam a maior parte da receita da Liga Inglesa.

O Chelsea vendeu o brasileiro Oscar para o Shanghai SIPG, da China, por uma quantia relatada em 60 milhões de euros. Enquanto o atacante Odion Ighalo, do Watford, foi vendido ao chinês Changchun Yatai por uma quantia relatada em 20 milhões de libras.

O West Ham United também teve lucro na venda de Payet para o Olympique de Marselha por 25 milhões de libras. Após comprá-lo do clube francês em 2015 por uma quantia relatada em 10,7 milhões.

O Manchester United vendeu o ponta holandês Memphis Depay para o francês Olympique de Lyon por 16 milhões de euros.

Os clubes da segunda divisão do futebol inglês gastaram um total de 80 milhões de libras, Mais de 125 % em relação ao ano passado e um recorde para a divisão.

Expulsões no City

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, defendeu na terça-feira o volante brasileiro Fernandinho, que se prepara para voltar ao time depois de uma suspensão de quatro jogos.

Fernandinho foi expulso pela terceira vez nas últimas seis partidas durante a vitória do City sobre o Burnley este mês. Mas retorna à equipe para o jogo do Campeonato Inglês contra o West Ham United na quarta-feira.

– Ele é muito importante e estou feliz que ele esteja de volta. Ele não é agressivo, é um jogador forte e intenso. Ele é um dos caras mais legais que conheço – disse Guardiola a jornalistas nesta terça-feira.

O City atuou desfalcado de Fernandinho na derrota de 4 a 0 para o Everton e no empate com o Tottenham Hotspur, resultados que deixaram o time 12 pontos atrás do líder Chelsea. O clube, no entanto, venceu o West Ham por 5 a 0 na terceira rodada da FA Cup.

– O que aconteceu contra o Chelsea, nós conversamos muito sobre isso, muitas, muitas vezes. Nós aceitamos a suspensão, não reclamamos. Mas ele não é agressivo, é honesto – acrescentou Guardiola.

O atacante Sergio Aguero também estará disponível para enfrentar o West Ham, que está na 10ª colocação.

TSE registra prisão de candidatos e substituição urnas

O TSE também informou sobre ocorrências entre os eleitores: no Rio de Janeiro, quatro pessoas foram presas por divulgação de propaganda

 

Por Redação, com ABr – de Brasília:

 

Antes mesmo da abertura dos locais de votação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrava ocorrências em diferentes localidades do país relacionadas às eleições 2016. No primeiro boletim divulgado pela Corte, até as 7h30 deste domingo três ocorrências envolviam candidatos, duas delas resultaram em prisão.

Antes mesmo da abertura dos locais de votação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrava ocorrências em diferentes localidades do país
Antes mesmo da abertura dos locais de votação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrava ocorrências em diferentes localidades do país

Um candidato em Passo de Torre, Santa Catarina, e um candidato no município de Tupã, São Paulo, foram presos por divulgação de propaganda. A Bahia também registrou uma ocorrência de boca de urna por candidato, mas o caso não resultou em prisão.

TSE

O TSE também informou sobre ocorrências entre os eleitores: no Rio de Janeiro, quatro pessoas foram presas por divulgação de propaganda; outras cinco foram presas em Santa Catarina e duas em São Paulo por motivos não especificados.

Até às 7h30, o TSE registrou 19 ocorrências envolvendo eleitores: 11 com prisão e oito sem.

No primeiro boletim divulgado, a Corte informou que nove urnas foram substituídas até agora. Quatro delas foram trocadas no Acre. Alagoas, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Sergipe tiveram uma urna substituída em cada até o momento.

Brasil registra perda de 654 mil empregos em dezembro

O Brasil perdeu, no mês de dezembro de 2008, 654.946 postos de trabalho formal, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta segunda-feira pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi. O número corresponde a mais que o dobro da média registrada para o mês de dezembro (perda de 300 mil postos de trabalho).

Três segmentos lideraram a queda no número de empregos em dezembro. Em primeiro lugar, a indústria de transformação, com perda de 273.124 postos de trabalho; a agricultura, com perda de 134 mil e o setor de serviços com 117 mil.

O ministro explicou que, no caso da indústria de transformação, a queda no número de postos de trabalho ocorreu por conta da alta dos estoques das indústrias em dezembro.

Montes Claros registra quarto tremor de terra em um mês

Um tremor de terra ocorreu na noite da última quinta-feira em Montes Claros, no norte de Minas Gerais. Segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), o abalo atingiu 2,2 na escala Richter.

O abalo ocorreu por volta das 19h.

– Nós fizemos uma vistoria preliminar, não houve vítimas, demolição de residências ou muros. Estamos procurando residências que tiveram rachaduras – afirmou o coordenador da Defesa Civil de Minas Gerais, Orlando Walter Andrade Camargo.

A região registrou outros três abalos sísmicos entre ontem e 15 de dezembro. No último mês de 2008, ocorreram dois tremores de terra, nos dias 15 e 17, que atingiram, respectivamente, 2,1 e 2,3 na escala Richter. No último dia 8, o abalo sísmico atingiu 1,8 na escala Richter.

Segundo o Observatório Sismológico, serão feitos estudos na região para detectar as causas do tremor. Os resultados devem ser divulgados na próxima segunda feira.

Apesar da crise, Receita registra arrecadação recorde em outubro

O agravamento da crise econômica não impediu que o governo federal registrasse arrecadação recorde em outubro. Segundo números divulgados nesta quarta-feira pela Receita Federal, a arrecadação no mês passado somou R$ 65,493 bilhões, melhor resultado para o mês, com alta de 17,13% em relação a setembro, descontada a inflação oficial medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Na comparação com outubro do ano passado, quando ainda vigorava a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), a arrecadação foi 12,3% maior, levando em consideração o IPCA. No acumulado do ano, a arrecadação atingiu R$ 576,596 bilhões, crescimento real de 10,3% em relação aos dez primeiros meses de 2007.

Com o resultado de outubro, o crescimento da arrecadação federal voltou a acelerar após dois meses de queda. De janeiro a setembro, a alta acumulada nas receitas do governo era de 10,03%, incluindo tanto os recursos administrados pela Receita Federal como as receitas de outros tributos recolhidos pela União.

De acordo com a Receita, a alta em outubro, na comparação com o mês anterior, deve-se ao pagamento da cota do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) sobre o trimestre encerrado em setembro. A intensificação da crise também contribuiu para o aumento da receita de alguns tributos.

Por causa dos investidores que passaram a resgatar aplicações em renda fixa após o agravamento da crise internacional, a receita do Imposto de Renda sobre Rendimentos de Capital aumentou 61,75% de setembro para outubro. Além disso, a alta do dólar também contribuiu para o crescimento da arrecadação em outubro, porque a variação do câmbio aumentou as receitas em reais do IRPJ e da CSLL do setor de petróleo.

A subida da moeda-norte americana fez ainda a alta do Imposto sobre Produtos Industriais vinculado à importação aumentar 10,93% de setembro a outubro.

Hospital público do Nordeste registra cura inédita de raiva no país

O Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), da Universidade de Pernambuco, em Recife, confirmou um caso raro de cura da raiva humana. O caso de um rapaz pernambucano, de 15 anos, mordido por um morcego hematófago – que se alimenta de sangue – na cidade de Floresta, no interior do estado, confirmado na última quinta-feira, é o terceiro de cura da raiva no mundo.

A doença, contraída geralmente por pessoas que tiveram contato com animais mamíferos infectados, como cães, gatos, morcegos ou macacos, era considerada 100% letal até 2004, quando médicos norte-americanos desenvolveram um tratamento baseado em anti-virais, sedativos e anestésicos injetáveis. Eles conseguiram curar uma paciente na cidade de Milwaukee, que deu nome ao método de combate ao vírus.

Segundo o médico Gustavo Trindade, responsável caso tratado em Pernambuco, o protocolo Milwaukee foi adaptado à realidade brasileira e aplicado no adolescente infectado.

– Fizemos um protocolo adaptado à realidade brasileira em relação às condições do hospital público onde estamos tratando ele. Aplicando este protocolo, conseguimos fazer com que o quadro clínico dele se estabilizasse e provar a cura da infecção raiva através de exames laboratoriais, comprovando a eliminação completa do vírus de seu organismo – explicou.

O médico comentou ainda que, como a doença era considerada incurável até 2004, o tratamento visava apenas trazer uma morte com menos sofrimento ao infectado.

– O tratamento convencional da raiva humana sempre foi para dar suporte, – medicamentos sintomáticos, sedação – para garantir ao paciente uma morte digna. Como a doença era considerada 100% letal, então o tratamento era para morrerem dignamente – afirmou.

O paciente pernambucano curado, ainda se encontra em estado grave e, segundo Trindade, não há como saber o que pode ocorrer a partir de agora.

– No caso dos Estados Unidos, a paciente ficou 100% curada. Em todos os outros, os pacientes faleceram. O que a gente conseguiu foi provar que dentro de um hospital público do Nordeste do Brasil, com todas as limitações que temos, conseguimos mostrar que a gente pode conseguir curar pacientes de raiva. Entretanto, a reversibilidade do quadro neurológico, só o futuro vai dizer – disse.

Durante o tratamento, que teve início no dia 13 de outubro, o doutor Trindade manteve contato diário com o idealizador do protocolo de Milwaukee, o Ministério da Saúde e Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Atlanta. Ele espera que o caso brasileiro sirva para aperfeiçoar o tratamento da raiva no mundo.

O médico responsável pelo grupo técnico da raiva do Ministério da Saúde, Marcelo Wada, disse que o tratamento e prevenção da raiva tem um alto custo para o governo federal e que, nos últimos cinco anos, mais de 100 brasileiros morreram com o vírus. O país, no entanto, vem se aproximando do controle da doença.

– Cerca de 35 milhões de cães são vacinados anualmente e cerca de 270 mil pessoas procuram assistência e recebem pelo menos uma dose de vacina anti-rábica humana. Na década de 1980, a média era de 40 a 50 casos por ano. Em 1990, aumentou pra 70 casos. Agora reduziu e este ano tivemos apenas dois casos – afirmou Wada.

Ele explica que a primeira medida a ser tomada no caso de mordida por animal capaz de transmitir a raiva é lavar imediatamente o ferimento com água e sabão, pois o procedimento mata o vírus. Depois, deve-se procurar o posto de saúde para que sejam tomadas as providências necessárias.