single.php

Tiroteio assusta moradores da comunidade Santa Marta

O Bac (Batalhão de Ações com Cães) e equipes de outras unidades pacificadoras foram acionadas para reforçar a segurança no local

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro:

Tiroteio deixaram os moradores da comunidade Santa Marta, Zona Sul do Rio de Janeiro assustados nesta quarta-feira. Segundo informações da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do bairro, policiais foram atacados por bandidos escondidos na mata próxima à base principal.

A PM encontrou ainda uma granada caseira e o Esquadrão Antibomba foi acionado
A PM encontrou uma granada caseira e o Esquadrão Antibomba foi acionado

O Bac (Batalhão de Ações com Cães) e equipes de outras unidades pacificadoras foram acionadas para reforçar a segurança no local. A PM encontrou ainda uma granada caseira e o Esquadrão Antibomba foi acionado. Não houve informação de pessoas feridas, até o momento.

Segundo uma moradora de Botafogo que não quis se identifcar, conta que sua casa fica próxima à entrada da comunidade e que ficou surpresa com a troca de tiros. Ela diz que vive na região há um ano. Essa é a segunda vez que acontece tiroteio na comunidade. Considerada um caso de sucesso do projeto de pacificação de regiões dominadas pelo tráfico. Neste momento os barulhos cessaram, de acordo com depoimento da  mulher.

— Eu tinha que levar criança para escola, mas fiquei com medo de ir na rua, não sabíamos o que estava acontecendo — conta a moradora.

Lei Seca

Agentes da Operação Lei Seca prenderam em flagrante, no fim da noite de segunda-feira. Jonathas Teixeira da Silva, de 28 anos. Ele foi abordado durante blitz montada na Rua General Polidoro, em Botafogo. Após ele ter feito o teste do bafômetro, que deu negativo, os agentes suspeitaram da documentação do veículo.

Ao conferir o chassi do carro com o do documento. Foi verificado que eram diferentes e que o verdadeiro constava como roubado. Jonathas foi conduzido à 9ª DP (Catete) e autuado por receptação. O veículo recuperado foi encaminhado ao pátio legal.

Balanço

Em 2016 foram realizadas 2.236 ações de fiscalização da Operação Lei Seca em todo o Estado do Rio de Janeiro e 297.372 mil pessoas foram abordadas. Neste período, 46.375 veículos foram multados, 6.890 veículos foram rebocados, 14.206 carteiras de habilitações foram recolhidas e foram identificadas embriaguez em 13.509 motoristas (4,5% dos motoristas abordados).