single.php

Versão do Habib’s para morte de João Victor é contestada nas redes sociais

Em resposta à versão da empresa publicada no Facebook, usuários fazem referência ao vídeo em que o menino é arrastado por dois funcionários do restaurante de fast food

Por Redação, com RBA – de São Paulo:

Para tentar frear o desgaste de imagem causado pelo envolvimento de dois de seus funcionário na morte do menino João Victor, o Habib’s divulgou no dia anterior pelo Facebook sua versão sobre o ocorrido, na loja da rede na Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte da capital paulista. 

Em reação ao comunicado oficial, internautas continuaram manifestando indignação pelo ocorrido
Em reação ao comunicado oficial, internautas continuaram manifestando indignação pelo ocorrido

Apesar de afirmar que os envolvidos ” foram afastados e deverão responder individualmente pelas suas atitudes”. A rede de fast food segue afirmando que o menino de 13 anos sofreu um “mal súbito”. Teria sido socorrido ainda com vida, e levado à morte devido a um infarto do miocárdio. Enquanto estaria sendo socorrido por uma unidade de resgate da Polícia Militar (PM). 

Para sustentar essas alegações. A empresa afirma que, na guia de encaminhamento do pronto-socorro do Mandaqui. Onde o menino deu entrada já com parada cardiorrespiratória. 

Reação

Em reação ao comunicado oficial, internautas continuaram manifestando indignação pelo ocorrido. Eles classificaram a resposta como “arrogante” e como uma tentativa de “tirar o corpo fora”, e seguem convocando boicote contra a empresa

Segundo eles, a versão oficial entra contradição com vídeo que também circula nas redes sociais e na imprensa, que mostra o menino desacordado sendo brutalmente arrastado pelos dois funcionários.

Ate a manhã desta terça-feira, a postagem somava mais de 2 mil mensagens, amplamente negativas ao Habib’s. Por fim, a empresa afirma que aguarda laudo do Instituto Médico Legal (IML) e que após as apurações finais, “tomará medidas cabíveis e emitirá um novo comunicado”.  

Uma resposta para “Versão do Habib’s para morte de João Victor é contestada nas redes sociais”

  1. Compartilhei a ideia. Qualquer que seja a versão empresarial eliminei essa empresa das minhas compras. Se existem as normas nas empresas, existem as normas dos clientes.

Os comentários estão desativados.